.................................................................................não tirem o vento às gaivotas

07/01/2011

murmúrio









hoje tenho apenas palavras para ti. bem sei que é pouco. mas mesmo assim são palavras – amealhei-as toda a vida para dias como o de hoje. dias assim. de chuva nos teus olhos.

para a mar - dezembro



Sem comentários:

Enviar um comentário