.................................................................................não tirem o vento às gaivotas

06/08/2010

acreditar










tenho uma casa que muitas vezes não é casa. e um corpo que não é corpo. diz-me que os lugares são efémeros. mas as dores são tão longas. passam para lá de tudo que tenho. restam-me as flores que ainda crescem. germinam sonhos em silêncio - hoje vais sorrir. tenho um truque para te fazer sorrir. vive dentro de todos os desejos que ainda não alcancei - um dia. acredito que também eu poderei cair no meu mar. envolto em correntes e aloquetes de ferro. sem ar. sem espaço para sonhos que não sejam erigidos em pedra granítica - lá. onde o sol não entra. e a areia é pura. apenas há estrelas do mar com olhos negros a sorrir - é um mundo lindo – um mundo. cheio de peças de teatro. de declamações. encenações. cheio de gente a escrever coisas felizes – na tribuna dos olhares sinceros encontrarás um dia um polvo. noutro dia um peixe espada. ainda suado de uma luta à moda antiga. onde defendeu a honra de todos os poetas. e até um tubarão martelo. é ele que dá as pancadas de moulière. para logo de seguida surgir uma raia cheia de electricidade capaz de acender todos os holofotes que um dia alumiarão a tua criatividade - o mar revolto no topo do mundo. contrasta com este mar – neste lugar. a água é de um tempo feliz. não há correntes a trazer o dia para lá e para cá. aqui. há uma tábua de escrita. cheia de livros que um dia terão títulos – os teus títulos – as correntes cairão corroídas pelo sal. e todos os sonhos virão à superfície – o corpo ficará no fundo do mar. em paz.



2 comentários:

  1. Nas dores vamos plantando esperança, vivendo na ilusão dos sonhos, porque o corpo é o nosso sarcófago em vida, então na morte que seja o fundo do mar.

    "Tenho uma casa que muitas vezes não é casa. e um corpo que não é corpo. diz-me que os lugares são efémeros. mas as dores são tão longas. passam para lá de tudo que tenho..."

    Um texto muito interessante, gostei muito.

    anatomia

    ResponderEliminar